Inscreva-se

Valor R$ 35,00 pagamento pelo PagSeguro no momento da inscrição.



ENCONTRO ESTADUAL DA ASSISTÊNCIA E PROMOÇÃO SOCIAL ESPÍRITA
2017


Tema Central:

Caridade, a construção de um novo paradigma: a convivência ressignificando as diferenças na promoção dos direitos’’.


  • Data: 09 e 10 de setembro de 2017

  • Horário: sábado de 9 às 16,30 h e domingo de 9 as 12 h

  • Local: CEERJ – Rua dos Inválidos, 187, Centro – Rio de Janeiro


  1. APRESENTAÇÃO

O SAPSE - Serviço de Assistência e Promoção Social Espírita, que compõe a Área de Educação Espírita do Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro (CEERJ) em atendimento ao regimento da AREE/CEERJ, realiza bianualmente o Encontro Estadual da Assistência e Promoção Social Espírita.

Buscamos com este Encontro promover a melhoria das atividades que são realizadas no serviço, reunindo os tarefeiros que atuam no segmento, propiciando espaço para discussão de temas atuais e relevantes em discussão no movimento espírita nacional, com vistas a aprofundar o conhecimento sobre tais temas habilitando para a difusão no Estado do Rio de Janeiro, oportunizando o compartilhamento de experiências, a atualização e a qualificação para o exercício da tarefa, bem como promovendo a confraternização estadual entre aqueles que atuam no serviço.


  1. FUNDAMENTAÇÃO

Dai delicadamente, juntai ao benefício que fizerdes o mais precioso de todos os benefícios: o de uma boa palavra, de uma carícia, de um sorriso amistoso. Evitai esse ar de proteção, que equivale a revolver a lâmina no coração que sangra e considerai que, fazendo o bem trabalhais por vós mesmos e pelos vossos. - Um Espírito familiar. (Paris, 1860.)


Considerando-se a necessidade de mudança de paradigma na forma habitual de relacionamento dentro da Casa Espírita, a fim de que esta se torne, de fato, um grande espaço de convivência e acolhimento, onde todos possam compartilhar experiências e aspirações.


  1. OBJETIVO GERAL

Aprofundar o conhecimento espírita e compreender corretamente a função da convivência e da caridade como instrumento de promoção dos direitos.


  1. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Valorizar a importância da utilização da metodologia de convivência no serviço do SAPSE;

  • Mostrar resultados obtidos nos projetos piloto em andamento;

  • Contribuir para a revitalização das praticas existentes nas Instituições.


  1. ESCOPO E ABRANGÊNCIA

(...) Eliminai das leis, das instituições, das religiões, da educação até os últimos vestígios dos tempos de barbárie e de privilégios, bem como todas as causas que alimentam e desenvolvem esses eternos obstáculos aos verdadeiro progresso, os quais, por assim dizer, bebemos com leite e aspiramos por todos os poros na atmosfera social. Somente então os homens compreenderão os deveres e os benefícios da fraternidade e também se firmarão por si mesmos, sem abalos, nem perigos, os princípios complementares, os da igualdade e da liberdade’’. (Obras póstumas - cap. ‘’Liberdade, Igualdade e Fraternidade’’).



O Encontro Estadual será levado aos tarefeiros das Casas Espíritas devidamente inscritos para a atividade, estimando-se um número de aproximadamente 240 participantes, entre aqueles que exercem as funções de:

- Dirigentes de Instituições Espíritas;

- Dirigentes e trabalhadores do SAPSE e

- Representantes do CEU no SAPSE.


  1. ATRIBUIÇÕES


A Coordenação do Encontro Estadual será exercida pelos coordenadores do SAPSE, ligado à Área de Educação Espírita do CEERJ.

As exposições temáticas e a coordenação das reflexões serão realizadas pelos expositores convidados:

- Edvaldo Roberto de Oliveira – RJ;

- Helder Boska Sarmento – SC;

- Márcia Regina Pini – RO; e,

- Solange Oliveira – ES.


  1. METODOLOGIA


Para atender as demandas a atividade se constituirá da seguinte forma:

- Dois Painéis apresentados em exposição interativa com os participantes, com os temas:

1- A convivência: um novo padrão civilizatório.

2 - O direito à caridade promovendo o direito.

- Relato de duas experiências

- Rodas de Conversa sobre as experiências realizadas nas Casas Espíritas.


Questões norteadoras para reflexão dos grupos:

  • O espaço de convivência é fundamental no trabalho do SAPSE. (pg. 84);

  • É o espaço que se cria entre as pessoas na relação de convivência. (pg. 81)

  • O fundamental é colocar-se em disposição e tempo com o outro, permitindo a criação de um espaço relacional, afetuoso, reconhecedor do outro como sujeito. (pg. 81)

  • Trata-se de um espaço construído no dia-a-dia, de conversa feliz, amigável, com aquele diálogo que mantinha Jesus com seus apóstolos e amigos. (pg. 81)

Questão:

A partir das experiências do SAPSE em sua Casa Espírita, como utilizar a proposta da metodologia do Espaço de Convivência?


  1. RESULTADOS ESPERADOS

Espera-se que o Encontro Estadual possa contribuir para:

  • Aprofundar reflexões sobre os temas: caridade, convivência e promoção dos direitos.

  • Reflexão sobre os novos rumos que se propõem ao trabalho sociorreligioso espírita no Brasil, dentro da visão da Convivência na Casa Espírita.


Equipe SAPSE/AREE


assistencia promocao social9e10set cartaz